top of page
Buscar

Por que a fermentação natural é mais saudável?

Descubra as razões pelas quais os pães artesanais de fermentação natural atraem tanto a atenção de uma parcela cada vez maior de consumidores em todo o mundo.




O que parece ser uma novidade é, na verdade, o resgate de uma tradição milenar. É dito que os chamados "pães de fermentação natural" são feitos à maneira de nossos avós; a verdade, porém, é que são feitos à maneira dos egípcios, mesopotâmicos, gregos... e de todas as grandes civilizações que tiveram o trigo como base de sua alimentação.


A utilização do processo natural de fermentação longa na panificação "saiu de moda", em meados do século XX, pela avassaladora onda de produtos industrializados popularizados nos supermercados. A fim de aumentar a durabilidade dos pães e baixar seus custos de produção, foram adicionados à tradicional receita artesanal uma série de aditivos químicos: melhoradores, aceleradores de fermentação, conservantes, saborizadores, etc. São esses produtos, aliados ao processo acelerado de fermentação, que passaram a causar diversos prejuízos à saúde e ao bem-estar dos consumidores.


A Oh My Bread! — e as demais empresas dedicadas à panificação de fermentação natural longa, no Brasil e no mundo — produz seus pães com nada mais do que farinha, água, sal e fermento natural (e eventuais complementos, para pães recheados). O fermento natural é a alma do bom e velho pão artesanal, e consiste numa mistura de farinha e água que abriga uma riquíssima colônia de bactérias e leveduras (fungos). São esses microorganismos que, em seu processo metabólico, proporcionam os grandes benefícios que atraem os consumidores desses pães: alta performance digestiva, maciez do miolo (proporcionado pelos os típicos alvéolos) e uma vasta complexidade de sabores.


Além dessas características mais notáveis, as nutricionistas costumam ressaltar ainda que a fermentação natural gera o aumento signicativo da biodisponibilidade de vitaminas e minerais na massa do pão. Isso se deve não apenas à duração estendida do processo, mas também à alta qualidade das farinhas utilizadas na maioria das padarias artesanais. São farinhas de empresas especializadas no ramo (francesas, italianas e nacionais), com valor nutritivo muito maior que as farinhas comuns de supermercado.


Longa fermentação e seus enormes benefícios

...alta performance digestiva, maciez do miolo, vasta complexidade de sabores e aumento significativo da biodisponibilidade de vitaminas e minerais.

Em uma sociedade cada vez mais consciente acerca da boa alimentação, não é a toa que a popularidade das padarias de fermentação natural cresçam a cada ano, espalhadas pelas diversas regiões do Brasil. A Oh My Bread! se orgulha de fazer parte desse movimento, com quase 20 lojas localizadas em Santa Catarina e no Paraná.


Caso você tenha interesse em mais informações sobre panificação artesanal, nosso blog trará sempre matérias sobre o assunto. Recentemente lançamos também um curso introdutório chamado Meu Primeiro Pão, com 9 módulos e 35 aulas que ensina o passo a passo para a produção caseira de pães artesanais, além de informações aprofundadas sobre a história da panificação de longa fermentação e de seus benefícios para a saúde.


876 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page